Você conhece a história da CISCO?

Poucos devem ter ouvido falar dessa empresa americana. Mas ela é uma das principais responsáveis por permitir que pessoas, empresas, governos e países possam comunicar-se, ampliar sua produtividade, melhorar a satisfação de clientes ou até mesmo aumentar as vantagens competitivas. A Cisco se mantém na vanguarda da tecnologia de sistemas de rede e na posição de líder no campo da tecnologia da internet há mais de três décadas.

A empresa surgiu por conta do casal de namorados Leonard Bosak e Sandra Lerner, funcionários da área de computação da Universidade de Stanford. Por trabalharem em setores diferentes, Bosak criou um aparelho (chamado Router) que permitia mandar correios eletrônicos de um computador para o outro em redes diferentes, assim ele poderia manter o contato com sua namorada. Com base nessa criação, em 10 de dezembro de 1984, e com a ajuda de Richard Troiano, surgiu a Cisco Systems (Cisco é por causa da cidade californiana San FranCISCO).

A partir de 1986 a empresa começou a se solidificar, lançando seu primeiro produto na área de roteamento, o Advanced Gateway Server (AGS). No ano seguinte, lançou o protocolo IGRP, o primeiro para rodar em redes de grande porte. Gradualmente ampliou seu mercado não apenas para empresas de grande porte, mas também para o consumidor final, criando tecnologias como o Voip, além de roteamento e comutação avançada, voz e vídeo sobre IP, redes óticas, wireless, redes de armazenamento, segurança, banda larga e redes de conteúdo.

Em 1990 começou a ter suas ações cotadas na Bolsa de Valores Nasdaq, capitalizando US$ 224 milhões. Em 1992, conseguiu sua primeira patente e abriu escritórios em Toronto (Canadá) e Tóquio (japão). Pouco depois, em 1996, a CISCO iniciou sua incursão no segmento de Service Providers. Além disso, lançou o primeiro site com suporte ao idioma chinês.

No final de março de 2000, em pleno pico do boom das empresas ponto-com, a CISCO tornou-se a empresa mais valorizada do mundo, com uma captação de mercado superior a US$ 500 bilhões. Além disso, a CISCO adquiriu mais de 20 empresas apenas neste ano e realizou a primeira transmissão de vídeo full-motion via rede IP, e – mais uma vez – fez história. Em 2001, a empresa lançou a primeira plataforma multiserviço a operar a 10Gb. Como resultado do estouro da bolha da internet, em 2002, pela primeira vez em sua história, a empresa realizou os primeiros cortes de funcionários e assistiu sua receita despencar. Com suas aquisições, desenvolvimento interno, parcerias com outras empresas, a CISCO fez avanços em vários outros equipamentos de redes fora da linha de roteadores, incluindo switchers ethernet (comutadores), acessos remotos, redes para máquinas de auto-atendimento bancário (ATM, segurança, telefonia por IP, e outros). Em 2003, adquiriu a Linksys, conhecida produtora de equipamentos para rede e se posicionou na liderança do mercado doméstico americano de redes. Nesta época, a empresa foi apelidada como a próxima superpotência da informática, sendo considerada pela revista Forbes como a empresa de alta tecnologia mais dinâmica da América. Em 2004, lançou a linha CRS, fato que lhe rendeu uma entrada no Guinness Book (livro dos recordes), como o router de internet com maior capacidade no planeta.

Nos anos seguintes a empresa manteve uma forma vigorosa: desenvolveu em média 85 novos produtos a cada seis meses, além de ter registrado 8 mil patentes, investido US$ 5.3 bilhões em pesquisa e desenvolvimento anualmente (13% do faturamento) e realizado impressionantes 145 aquisições estratégicas de empresas. Nos últimos anos a CISCO tem focado grande parte de suas ações no segmento de arquitetura das redes para a transformação dos negócios, apostando no que se chama “internet das coisas” (Internet of Things) e na simplificação das estruturas para trazer mais rapidez e retorno aos negócios. Isto porque, as dificuldades para se manter na liderança na venda de roteadores e switches, está fazendo com que a CISCO se torne cada vez mais uma empresa centrada no fornecimento de serviços voltados a data center, softwares e segurança na nuvem, E também fez aquisições estratégicas, como por exemplo, a da Jasper Technologies, uma promissora startup que conecta aparelhos como carros e equipamentos médicos à internet; e da AppDynamics, que produz software que administram e analisam aplicativos, tendo aproximadamente 2 mil clientes. Por toda essa revolucionária história a CISCO tem feito a Internet funcionar desde 1984.

Fonte: http://mundodasmarcas.blogspot.com/2006/05/cisco-systems-network-works.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *